O pai e o país!

O país está desmascarado. Dezenas de pessoas – que os jornais não identificaram – invadiram o Congresso Nacional pedindo um estado autoritário: General, Aqui! Querem um lugar onde ou você pensa igual, torce igual ou poderá ser preso, morto e torturado. Contra o Comunismo, eles querem uma coisa tipo Coréia do Norte, mas com roupa de grife e Smartphones.

Perderam a vergonha de revelar seu lado autoritário, patriarcal, machista e hipócrita. Moralmente acesos, pelo combate a corrupção, acham que podem suprimir a liberdade de expressar pensamentos, à força: usando um dos direito da Democracia para a acabar com ela.

Eles precisam de psicólogos.  Matar  o próprio filho de maneira desproporcional      (em todos os sentidos) como ocorreu, em Goiania, é sinal de que a ira contra o que chamam de minorias, assumiu proporções endêmicas.  Não são minorias: é uma imensa diversidade de brasileiros. As pessoas não podem ser iguais, em pensamentos, mas em direitos, sim.  Os responsáveis por essa  demonização precisam ser compelidos.

Os grupos de ódio que se formam no WhatsApp, pelo algoritmo do Facebook, ou pelo apelo à violência das TVs precisam se responsabilizar pela violência que estão gerando.  A sociedade brasileira é tão diversa em raça, ocupação, religião, cultura que chega a chocar um grupo se achar melhor que todos para pedir ditadura. Está na hora dos cidadãos e das instituições que promovem o Estado de Direito deflagarem a Operação Democracia ou a Operação Tolerância – antes que seja tarde demais.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: