Condoo

Pelos dias de hoje

De dor de mente

Que faz o amargar

O apertar do coração

Condoo

pela frieza exposta

em tudo que leio

sem respeito

à dor de gente

Condoo

Pela incompreensão do verbo

Dos ataques covardes

aos condenados por nascer

Condoo

Pelas vítimas da indiferença

Das ignorâncias

Condoo

Pelo futuro das crianças

– meus filhos, me deem suas dores. De dente, artrose, câncer, coração, solidão.

Transfiram a carga a esse burro velho.

E fiquem livres e leves para o mundo que verão.

Estejam prontos

Como flechas no arco

Me condoo

Pela compaixão que cai

E recordo o Hai Kai:

Vácuo

Oco

Seco

Morto.

Ocupem o vácuo d’alma!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: