Como previsto: o golpe dentro do golpe

Os generais brasileiros sendo generais brasileiros. Como previsto, a chapa Kinder Ovo de Bolsonaro já vinha prenha da “surpresinha” do mau (com u, mesmo) do golpe dentro do golpe. Conhecendo o pouco apreço que têm pelas eleições, era improvável que todos os generais fossem anuir com as fanfarronices de um capitão da reserva, amalgamado com milicianos cariocas. O ocaso, o por do sol, da democracia não é acaso. Foi expresso, se a vitória eleitoral fosse de Haddad, pelo Heleno (de Tróia). Então, não pode ser surpresa que Bolsonaro fosse escolhido apenas como um cavalo – encontrado para substituir o fracasso brilhante de Aécio Neves e a desistência racional de Luciano Huck em concorrer num pleito que, caso disputasse e vencesse, teria o bafo de Paulo Guedes à direita e a espada do Exército na cabeça. A tomada do poder como “correição” do Brasil está no manual da Escola Superior de Guerra e sua Doutrina de Segurança Nacional: (para a qual) as eleições apenas atrapalham. As instituições como o STF e MPF seguem funcionando como se tudo estivesse dentro da normalidade jurídica: desde o esgarçamento da Constituição para interromper o mandato de uma presidente legítima, a prisão às pressas do favorito na corrida eleitoral e a ascenção do juiz que o condenou ao Ministério da Justiça. O Congresso Nacional é a próxima vítima. Conviverá anestesiado às decisões da “corregedoria do regime democratico”? Ou terá força para protagonizar os anseios da nação? Seguindo a estratégia traçada neste tabuleiro, só falta a derrocada do rei, no caso – não me refiro à Bolsonaro, mas ao Parágrafo único do art 1: “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”.

Abaixo segue a nota publicada pelo Relatório Reservado – veículo que cobre os bastidores do poder – para o mercado financeiro.

A imagem pode conter: texto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: