A inflação chegou – a atualidade do artigo escrito em 2020.

Aumento de preços por falta de produtos, apreciação cambial e pela mais completa ausência de condução econômica.

Não há mais como esconder a sujeira deixada pela equipe econômica no vaso sanitário. O cheiro já contamina toda a cadeia produtiva. A única atenuante à responsabilidade de Bolsonaro, em levar o país à cova, é que ele não deixou de planejar os rumos do Brasil sozinho. Todos os liberais da XP, Itau, Santander, Bradesco, das empresas de comunicação estiveram até o apagar das luzes de 2020 irmandados com os propósitos de uma “agenda de reformas”, completamente extemporânea e sem nenhum resultado prático objetivo.

Já não havia rumo quando Temer assumiu. O norte estabelecido pelos “planilhistas” (cabeças de planilha”) era o de organizar a venda de ativos e cortar custos, apenas. Nem um planozinho sequer de elevar a economia brasileira à condição de uma potência altamente desenvolvida foi feito. A ideia era essa mesma: Brasil rural e vendedor de commodities primárias (Bolsonaro até aumentou a fronteira exploratória em território amazônico).

A pandemia pôs a falta de plano em xeque

Há quatro anos se previa que a trajetória estava errada. Reformar previdencia sem tirar os privilégios dos ricos, só diminuiu o consumo interno. Reforma Trabalhista que precariza o trabalho, só diminuiu o consumo interno. Agora se pretende cortar gastos obrigatórios com Educação ( e Saúde) deixando os brasileiros à condição de pedintes e de dependentes da “doação” dos ricos.

Finalmente chegamos aos anos 80

O país que ora se instala replica a economia dos Senhores de Engenho com prestadores de serviço, precarizados, via aplicativos.

Inútil falar da questão de ensino, para quem quer lucrar vendendo conhecimento. Não há mais tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s